Pretendo aqui neste humilde espaço defender quem ainda não se pode defender, pessoal e conscientemente entendo que a partir do momento em que o espermatozóide fertiliza o óvulo.

UMA NOVA VIDA COMEÇOU


Nos os países da União Europeia

SOS criança desaparecida
número a marcar: 116000

Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

e esta heim...

 

Ministro não dá conta
de mulheres presas por aborto
Resposta a Independentes pelo Não

37 mulheres foram constituídas arguidas desde 1997. Mas o  Ministério da Justiça não sabe quantas eram grávidas ou parteiras, nem em quantos casos se tratava de gravidez até às dez semanas

O ministro da Justiça não conseguiu, na resposta ao movimento Independentes pelo Não, dar conta de uma única mulher que tenha sido presa por ter abortado até às dez semanas. Em resposta à carta enviada por aquele movimento, Alberto Costa reconhece a incapacidade dos serviços em dar resposta a essa e a outras perguntas.

Entre 1997 e 2005, foram constituídas arguidas 37 mulheres, tendo havido condenação para 17. No entanto, não é possível distinguir quantas dessas mulheres eram grávidas que deram o seu consentimento ao aborto e quantas foram implicadas por participarem na sua prática (médicas, enfermeiras, parteiras). Também não é possível saber quantos casos são relativos à prática de aborto até às dez semanas e após as dez semanas.

«A questão é grave», reagiu o movimento. «No fundo, o Estado devolveu aos cidadãos a responsabilidade de se pronunciarem acerca de um problema que o Estado não demonstra existir. Mas é também muito grave que os defensores do ‘sim’ apostem agora fortemente numa campanha que tem como mote ‘acabar com a prisão’», considera o movimento de que fazem parte as jornalistas Laurinda Alves e Maria João Avillez.

ARTIGO DO JORNAL: SOL
Por Eunice Lourenço
eunice.lourenco@sol.pt

SIM à vida editou às 19:14
link do post | comentar | favorito
|

Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

SIM à vida

Em Portugal desaparecem d...

Pela vida...

Nova linha para crianças ...

Carta de um feto

Não PODEMOS esquecer...

A legalização do maior cr...

Encontrem, Madeleine McCa...

Dia negro para a vida

ASSIM NÃO

Dá que pensar...

Consulte arquivos

Maio 2009

Dezembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Agosto 2007

Julho 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Amigos da vida


Aborto Não Obrigado
Por ti não aborto

www.portoxxi.com

No Caminho da fé


Caminho de fé
Liberdade Cristã (blog)
Liberdade Cristã (site)
Busca primeiro o Reino

pesquisar

 

Estou no...








Estou no Blog.com.pt

E você, blogaqui?
blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags

Crianças desaparecidas


SOS Crianças

Para mais informação visite o site da Policia Judiciária.

Policia Judiciária

Alexandre da Silva Gabriel

Cláudia Alexandra Sousa

Madeleine Mccann

Rita Monteiro

Rui Pedro Mendonça

Sofia Oliveira